14/06/14 en vivo @ Bailarico n'Aldeia



Forasteiros vão chegando a atípica preservada pouco pacata aldeia portuguesa. Um bicho mordomo interessa-se por preparativos. Uma "estirpe dedicada" decide santificar O Jebo. Confusão instala-se.

Comissão de festas decide avançar. A 14 do Junho, Grandiosas serão em Honra de S. Jebo. Esse dia, segundo fonte ancestral de sabedoria local, começará a meio da tarde em Quintandona Lagares Penafiel.

Há festa na aldeia
Lendas pessoas, objectos gestos. Formas ganham espaço, são sua definição. E Bailarico será apoteose: comes, Spy on Mars, The Crawlers, bebes, Moe's Implosion, SVT Tim e os Putos, campismo grátis, Oroboro, O Bisonte, chuveiros, e claro nós.

Sentido Astrolábia
O ser e a máquina, objecto espaço, fundamentos do nosso burlesco. Citadinos de campo e praias, paredes meias com outras paragens fundamentais de tours.

Seres humanos, movimentem-se, acompanhem passos ditados, apareçam para rituais.

14/06/13 en vivo @ FunPark



Sexta 13 do Junho Gregoriano, levaremos Astrolábia a tour para FunPark Paredes. Esperam-se encantamentos benzeduras, rezas. Traga seu Passe Espírita.

No cartaz, para além destes vossos bons bravos servos, Buraka Som Sistema, Best Youth, Linda Martini, Jimmy P, Dealema, The Happy Mess, Expensive Soul, D8 e The Legendary Tigerman.

Até o 13 de Julho, para além da selecção de bandas e dj's, Parque da Cidade de Paredes será palco de outros jogos tradicionais, danças, teatros, stand-up comedy, ginásios, concentrações de clássicas, todo-o-terreno e uma super especial de rally a sério. As enormes festas têm apoio da Câmara Municipal e seu projeto Art on Chairs.

Gentes, em pés: todos têm entradas e livres.

14/04/26 en vivo @ 40 de Abril Sempre


Venha dizer adeus à liberdade

Tomada do edifício. Efeito surpresa, vantagem inicial. Há vários tipos de estado a que chegamos. Arte, sem panfleto, também política, não existe sem outro.

Abril 25, 40 de revolução. O povo é quem mais ordena em belo horizonte. Penafiel junta, movimento de comemorações em acção concertada. Convívio e cultura, música, teatro, instalações, rua.

No resto do país, Dinis de Almeida sairá da Figueira, deverá trazer cerca de mil homens e uma bateria de bocas de fogo, mas só chega à tarde. De Estremoz virá esquadrão, é possível que chegue a tempo. No norte mais apoio, companhias para reforçar. E ainda há mais uns pós.

Data é de charneira. A revolta comemora, quatro décadas, encha-se de cravos. Dados lançados, situação irreversível. Decidimos participar com Astrolábia a Tour, ao vivo como antigamente. E poder cantar canções em cantos livres, naqueles palcos, todos à molhada.

Falcão maior, aqui falcão dois, ocupe a sua posição. Falcão dois, entendido. Falcão maior, terminado.

14/03/28 en vivo @ Sala Clan


Mais ou menos seis volven a la viciosa para romper a louza.

Várias almas
Depois de lançamento da nova primeira, gira galega. Na equipaxe, banda leva Astrolábia a Tour. No mesmo escenario, los hermanos Freiría, Justo y Jose, xunto a Rubén y Óliver, e súa Habitación Vudú, proxecto nacido na Limia. Para pechar a festa I.D.M Dj. Unha produción Escena Sonora.

Cultos
Coa axuda da túa compás, encontra Sala Clan. Venres 28, horas 0 das espanholas. Entrada 5 euros con cerveza. Por el camino, carreteras de viajes corazón.

E maxia
"Só a noite é o paraíso: dormen os homes. Os soños abren las xanelas e lámbense as feridas nas praias e nas beiras dos ríos. Os soños cantan coa gorxa xeada. Como esclavos, fan tocar os tambores." Manuel Rivas

licencia